quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Contribuições

Monografia e trabalho do professor João Carlos Pereira de Moraes, sobre Matemática e libras.

Site da FENEIS, Federação Nacional de Educação e Integração dos surdos:

 http://www.feneis.com.br/page/index.asp

domingo, 11 de dezembro de 2011

Divulgação

Artigo 1º da resolução conjunta SS/SEE nº 1, de 11/10/2011, transcrito abaixo, bem como as orientações a seguir.Art. 1º - Serão implementadas ações conjuntas de prevenção, nas escolas da rede estadual de ensino, por meio dos seguintes projetos:
I. Fortalecendo a Prevenção às DST/AIDS e à Gravidez na Adolescência, no Ensino Fundamental e Médio;
II. Hepatite B – Informação e Vacinação para a Efetiva Prevenção;
III. Educação em Saúde na Escola – Unindo Forças contra a Dengue.
Comunicamos, ainda, que materiais de apoio estarão disponíveis no Portal da Educação – http://www.educacao.sp.gov.br/ a partir de segunda-feira, dia 12. Dentre os materiais disponíveis, para download, estarão: folheto contendo informe técnico para reprodução e vídeo da entrevista realizada com a Dra. Helena Sato – médica sanitarista, diretora da Divisão de Imunização do Centro de Vigilância e Epidemias da Secretaria de Estado da Saúde, e da Dra. Umbeliana Barbosa de Oliveira -  médica Infectologista, diretora técnica de Divisão – Programa Estadual de Hepatites Virais B e C.
A saber: em 31/10/2011, foi realizada uma videoconferência com link disponível pelo site da Rede do Saber (http://www.rededosaber.sp.gov.br/portais/Videoteca/tabid/179/language/pt-BR/Default.aspx), explicando os objetivos do projeto “Hepatite B”, cujo objetivo é aumentar a cobertura da vacina contra HBV em adolescentes e promover a informação contra a transmissão e a prevenção do HBV.

Divulgação/Campanha

Endereço Eletrônico:

http://abr.io/cancermama

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Feliz Natal a todos

Diretoria de Ensino Região Osasco

Unidade Escolar: "Deputado Guilherme de Oliveira Gomes"





Parabéns a Professora Elza e demais profissionais da Unidade Escolar.   

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Artigo de Revista




Fonte: Revista Carta na Escola de novembro de 2011.

Este Artigo e suas sugestões/orientações são de interesse de toda a sociedade brasileira.

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

VC

Tema: A Diversidade Humana: Uma Reflexão sobre a Deficiência Física, Intelectual, Visual, Auditiva e Múltipla.   

Data: 02/12/2011 (sexta-feira). 

Horário: Das 14h às 16h.     

Objetivo: O objetivo da videoconferência é demonstrar como aprender a compartilhar relações saudáveis de respeito e compreensão, no convívio com a diversidade humana.      


Diretoria de Ensino da Região Osasco.

Vide público para as Salas de Videoconferência no Ambiente da Rede do Saber.

sábado, 26 de novembro de 2011

ASSOCIAÇÃO PESTALOZZI DE OSASCO

A Associação Pestalozzi de Osasco convida para o IV Seminário Inclusão em Debate: um convite à reflexão na construção de uma sociedade inclusiva, dia 30 de novembro de 2011, das 8h30 as 12h30, no Centro de Educação para o Trabalho Ágatha Maria d’Angelo, à Rua Dionísio Bizarro, 415 - Jd. Umuarama - Osasco
Realização:
Apoio:
08h30 às 09h00 – Café e recepção dos convidados
09h00 às 11h30 – Palestras:
1ª – Emprego apoiado - Alexandre Betti: psicólogo, consultor de emprego apoiado e coordenador da Rede de Emprego Apoiado
2ª – Emprego apoiado como ferramenta de inclusão social: a experiência da Secretaria de Desenvolvimento Trabalho e Inclusão de Osasco e a da Associação Pestalozzi de Osasco
3ª – A pessoa com deficiência intelectual no mercado de trabalho: a experiência da Cobasi
11h30 às 12h30 – Perguntas e debate
12h30 - Encerramento

CONVITE

IV Seminário Inclusão em Debate: um convite à reflexão na construção de uma sociedade inclusiva

A Associação Pestalozzi de Osasco realizará no próximo dia 30 de novembro, a quarta edição do Seminário Inclusão em Debate.
O Seminário é um espaço reservado anualmente para a reflexão, aprofundamento do conhecimento e troca de experiências sobre práticas de inclusão de pessoas com deficiência.
Neste ano, a proposta do Seminário é apresentar o Emprego Apoiado como ferramenta de inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho, além de apresentar boas práticas de empresas e organizações sociais na empregabilidade da pessoa com deficiência intelectual
Como resultado, a Associação Pestalozzi de Osasco espera conseguir ampliar as oportunidades de inclusão de jovens com deficiência intelectual, na condição de aprendiz, e oferecer informação às empresas da região sobre as possibilidades de contratar pessoas com deficiência.
O evento conta com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Trabalho e Inclusão de Osasco (SDTI), Associação Comercial e Empresarial de Osasco (ACEO), BRADY do Brasil, Gerência Regional do Trabalho e Emprego de Osasco (GRTE), Instituto de Tecnologia Social (ITS Brasil), Comissão Municipal de Emprego (CME), Secretaria de Assistência e Promoção Social de Osasco (SAPS), Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP Castelo).
Data: 30 de novembro de 2011
Horário: 8h30 às 12h30
Local: Centro de Educação para o Trabalho Agatha Maria d’Angelo
Endereço: Rua Dionísio Bizarro, 415 – Jardim Umuarama – Osasco (travessa da Avenida Padre Vicente Melillo)

Evento gratuito – Vagas limitadas
Inscrições: (11) 3682 2158 ou info@pestalozziosasco.org.br

Semana da Consciência Negra

Unidade Escolar: "Professora Neuza de Oliveira Prévide"











quarta-feira, 23 de novembro de 2011

TUDO BEM SER DIFERENTE

PARABÉNS AOS ALUNOS GABRIEL E MARCELO E AOS SEUS PROFESSORES.

TUDO BEM SER DIFERENTE

PARABÉNS AO ALUNO FERNANDO E SEUS PROFESSORES.

TUDO BEM SER DIFERENTE

PARABÉNS A ALUNA BEATRIZ E SEUS PROFESSORES.

TUDO BEM SER DIFERENTE

PARABÉNS A ALUNA BRENDA E SEUS PROFESSORES.

TUDO BEM SER DIFERENTE

PARABÉNS A ALUNA GLEICE HELEN E SEUS PROFESSORES.

TUDO BEM SER DIFERENTE

PARABÉNS A ALUNA JESSICA E SEUS PROFESSORES.

PARABÉNS AOS PROFESSORES

Parabéns a todos os Professores

da Unidade Escolar: "Irmã Gabriela Maria E. Wienkem"

TUDO BEM SER DIFERENTE

"NÃO IMPORTA SE VOCÊ É GORDO, MAGRO, FEIO, BONITO, ALTO, BAIXO, CARECA OU CABELUDO. DEUS AMA VOCÊ DO JEITO QUE VOCÊ É". 

Aluno: Gabriel.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Convite da Associação Pestalozzi

IV Seminário Inclusão em Debate: um convite à reflexão na construção de uma sociedade inclusiva.

Data: 31/11/2011.

Horário: Das 08h30 às 12h30.

Centro de Educação para o Trabalho: Ágatha Maria D'Angelo localizada à Rua Dionísio Bizarro, 415 - Jd Umuarama - Osasco. 

EVENTO GRATUITO. 

Telefone para mais informações: 3682-2158.     

Consultar a Programação: info@pestalozziosasco.org.br

   

Divulgação

Documentário "Sinais do Amor", produzido pela Escola para Crianças Surdas Rio Branco, conquistou o 1° lugar no II Festival de Vídeo nas Escolas 2011, na categoria "Professor”. 

O vídeo Sinais do Amor, parte da ideia  de construção coletiva e cooperação e  foi produzido a partir de expressivos depoimentos de familiares dos alunos da ECS Rio Branco.  Sinais do Amor – Roteirizado por Carolina da Costa e produzido na Escola para Crianças Surdas Rio Branco, o vídeo dissemina a expertise da escola e a parceria com a família, compartilhando vivências e aproximando pessoas de interesses comuns.

Produzido no ano de 2010, o filme é resultado de uma atividade constante da instituição, a produção de vídeos Os interessados podem conferir a produção no site da Escola:http://www.ecs.org.br/site/Destaques/090904_Videos/Sinais_Amor.aspxou no Youtube : http://www.youtube.com/watch?v=FF_BJmYlAp4

domingo, 20 de novembro de 2011

Parapan-americanos

Quantidade de Medalhas de alguns países:


Países
1 [BRA] Brasil
79
60
55
194
2 [USA] Estados Unidos
51
47
32
130
3 [MEX] México
49
59
54
162
4 [CUB] Cuba
26
14
11
51
5 [ARG] Argentina
19
24
30
73
6 [COL] Colômbia
17
23
12
52
7 [VEN] Venezuela
16
14
17
47
8 [CAN] Canadá
13
22
27
62
9 [JAM] Jamaica
1
4
0
5
10 [CHI] Chile
1
0
3
4
11 [DOM] República Dominicana
0
1
1
2

12 [TRI] Trinidad e Tobago
0
0
2
2
13 [PER] Peru
0
0
1
1


Bullying

Interessante:
http://educarparacrescer.abril.com.br/comportamento/sofro-bullying-escola-ser-negra-635576.shtml

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Divulgação

Taare Zameen Par (2007)
Como Estrelas na Terra, Toda Criança é Especial

Taare Zameen Par - Every Child is Special (Como Estrelas na Terra - Toda Criança é Especial) foi lançado nas salas indianas no finalzinho de 2007 (mais precisamente, dia 21 de dezembro), Taare Zameen Par conta a história de uma criança que sofre com dislexia e custa a ser compreendida.
Ishaan Awasthi, entre 8 e 9 anos, já repetiu uma vez o terceiro período (no sistema educacional indiano) e corre o risco de repetir de novo. As letras dançam em sua frente, como diz, e não consegue acompanhar as aulas nem focar sua atenção. Seu pai acredita apenas na hipótese de falta de disciplina e trata Ishaan com muita rudez e falta de sensibilidade. Após serem chamados na escola para falar com a diretora, o pai do garoto decide levá-lo a um internato, sem que a mãe possa dar opinião alguma. Tal atitude só faz regredir em Ishaan a vontade de aprender e de ser uma criança. Ele visivelmente entra em depressão, sentindo falta da mãe, do irmão mais velho, da vida... e a filosofia do internato é a de "disciplinar cavalos selvagens". Inesperadamente, um professor substituto de artes entra em cena e tão logo percebe que algo de errado estava pairando sobre Ishaan. Não demorou para que o diagnóstico de dislexia ficasse claro para ele, o que o leva a por em prática um ambicioso plano de resgatar aquele garoto que havia perdido sua réstia de luz e vontade de viver.

Além dos prêmios de melhor filme e melhor ator pela crítica, ganhou também o prêmio de melhor direção, para Aamir Khan, e de melhor letra de música. O filme, embora não tenha as exóticas cenas de dança, tem músicas que aparecem como clipes, com imagens que não só ilustram a melodia, mas também fazem parte do decorrer da história. Dentre as músicas (muito boas, por sinal), Maa, que significa "mãe" em hindi, recebeu o prêmio de melhor letra.
Assista ao "filme completo" pelo Youtube:
http://www.youtube.com/watch?v=Yen-1YLzpYs

Divulgação - CAPE

VII Senabraille nas Diretorias de Ensino.

 O Sistema de Bibliotecas da Unicamp encaminha em anexo divulgação do VII SENABRAILLE, a ser realizado de 27 a 30 de novembro de 2011, no Centro de Convenções da Unicamp e terá como tema central “Bibliotecas: espaços acessíveis a múltiplos usuários”.
 Organizado pela UNICAMP e FEBAB, o Evento tem por objetivo discutir diversas temáticas sobre acessibilidade e permitir o compartilhamento de experiências, oferecendo uma oportunidade para debater, discutir e unir esforços para a construção de um ambiente mais acessível.
 Para tanto, o VII Senabraille conta especialmente com a assessoria de uma Comissão de Acompanhamento na Área de Acessibilidade, formada por profissionais envolvidos com a causa e pessoas com deficiência, que orienta, acompanha, verifica e monitora as diferentes fases do projeto, apontando ajustes para garantir a acessibilidade de seus participantes e indicando as especificações dos serviços a serem prestados.
Além de palestras e debates, teremos, ainda, minicursos gratuitos, apresentação de trabalhos orais e pôsteres e atividades técnicas, culturais e artísticas.
Será um prazer contar com a sua presença. Junte-se a nós!
Maiores informações na URL http://www.sbu.unicamp.br/senabraille/

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Contribuições

Vermelho como o Céu (2006)
"Rosso come il Cielo"

Baseado na história real de Mirco Mencacci, um renomado editor de som da indústria cinematográfica italiana.
O filme debate a necessidade de isolar os deficientes em escolas especiais ou permití-los frequentar escolas comuns.

Sinopse

O filme retrata a história verídica de Mirco (Luca Capriotti) que ao sofrer um acidente em sua casa têm a sua visão prejudicada e consegue apenas ver sombras. Obrigado a estudar em uma escola para cegos na Itália, ele procura desenvolver sua habilidade por efeitos sonoros em filmes e com ajuda de um professor monta uma peça com outros colegas formada apenas por diálogos e sons. O filme debate a necessidade de isolar os deficientes em escolas especiais ou permití-los frequentar escolas comuns. Roteiro excelente e filme sensível.

Saga de um garoto cego durante os anos 1970, que luta contra tudo e todos para alcançar seus sonhos e sua liberdade. Mirco é um jovem toscano de dez anos apaixonado pelo cinema, que perde a visão após um acidente. Uma vez que a escola pública não o aceitou como uma criança normal, é enviado para um instituto de deficientes em Gênova. Lá, descobre um velho gravador e passa a criar histórias sonoras. Baseado na história real de Mirco Mencacci, um renomado editor de som da indústria cinematográfica italiana.

sábado, 22 de outubro de 2011

Divulgação

FESTIVAL REÚNE FILMES SOBRE DIVERSIDADE E INCLUSÃO PRODUZIDOS POR ALUNOS DA REDE ESTADUAL

Estudantes de 19 escolas da zona leste da capital criaram 29 curtas-metragens de até um minuto “Diversidade e Inclusão” é o tema da 2ª edição do Festival de Cinema da Diretoria de Ensino Leste 3, que ocorre amanhã (21/10). São 29 curtas-metragens inscritos, produzidos por 69 alunos de 19 escolas estaduais da zona leste da capital. A exibição dos vídeos, a escolha dos vencedores e a cerimônia de premiação acontecem das 8h30 às 12h, no CEU Água Azul, localizado em Cidade Tiradentes, zona leste de São Paulo, durante evento para convidados das comunidades escolares envolvidas. A mostra é voltada para alunos matriculados em séries a partir do 5º ano do ciclo I do Ensino Fundamental em escolas estaduais atendidas pela Diretoria de Ensino Leste 3, que abrange os distritos de Cidade Tiradentes, Guaianases, Iguatemi, José Bonifácio e São Rafael. O desafio dos estudantes foi criar um vídeo com duração máxima de 60 segundos sobre a temática proposta.  A competição se divide em três categorias: Animação, Curta-metragem e Animação ou Curta-Metragem em Língua Estrangeira. Cada trabalho pode ter até três autores e cada escola inscreveu no máximo um curta por nível de ensino (ciclo I, ciclo II, Ensino Médio ou EJA), independentemente da categoria. A banca que elegerá os premiados será composta de representantes de diretorias de ensino de outras regiões da capital. A premiação inclui medalhas para os integrantes das três equipes que tiverem a melhor colocação em cada categoria. Por meio de parcerias com instituições privadas que atuam na zona leste, os alunos vencedores também receberão prêmios como MP3 player, pen drive e passaportes para parque de diversões. José Lopes Moreira Filho, professor-coordenador da oficina pedagógica de inglês da Diretoria de Ensino Leste 3, explica que um dos critérios para a escolha dos ganhadores é a adequação ao tema. “Neste ano a temática era ampla e foi bem explorada pelos participantes. Tivemos vídeos sobre discriminação racial, bullying e inclusão de alunos deficientes, entre outros”, exemplifica Lopes. A 1ª edição do festival, realizada no ano passado, teve a questão socioambiental como mote. Alunas do 9º ano do Ciclo II da Escola Estadual Maestro Brenno Rossi, Bruna Cedro da Silva, Bruna Santos Sousa e Everlin Silva Santos criaram o filme “Diga Não ao Bullying” (http://www.youtube.com/watch?v=0I6rrK_16TM). As estudantes contaram com a ajuda de colegas na dramatização que mostra um menino vítima de agressões. “O tema é atual e reflete uma realidade. Com o vídeo podemos ajudar na conscientização sobre o problema”, explica Bruna Sousa, 14 anos. Para ela, a estreia como diretora foi fácil, “o mais difícil foi reduzir tudo a um minuto”.É possível assistir aos curtas-metragens participantes da 1ª edição do festival e alguns dos candidatos deste ano no link  http://www.youtube.com/user/DELeste3.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência

Site:

http://www.pessoacomdeficiencia.sp.gov.br/

Rede Sociais:  

facebook.com/deficiencia.sp

twitter.com/deficienciasp

Divulgação

A Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo convida para o  III Encontro Internacional de Tecnologia e Inovação para Pessoas com Deficiência, que acontece entre os dias 24 a 26 de outubro, na capital paulista. O evento conta com Seminário e Exposição.

Divulgação

Entre os dias 7 e 17 de outubro, o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP), parceiro da Rede Lucy Montoro de Reabilitação, abre as inscrições para 10 vagas remuneradas em residência médica em Medicina Física e Reabilitação ou Fisiatria. As vagas são abertas anualmente e a residência médica é realizada durante três anos.

Secretaria lança "Por Que Heloisa?": curta-metragem em animação inclusiva

O que é ser igual ao outro? O que é ser diferente? E ser as duas coisas ao mesmo tempo? Como podemos mudar nossa forma de olhar as questões relacionadas à deficiência e, na prática, tornar o mundo melhor para todos? "Por Que Heloisa?" responde a esses e outros questionamentos a partir da vivência de uma criança com deficiência.

Sua exibição será quarta-feira, 12 de outubro, Dia das Crianças, às 14h00 horas, na Sede da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Todos estão convidados. Venha e traga suas crianças.

Secretaria lança "Por Que Heloisa?": curta-metragem em animação inclusiva

Veja divulgação:

Sistema Nacional de Informações sobre Deficiência

www.mj.gov.br/dpdh.htm

TGD

CID - 10, F84 - Transtornos Globais do Desenvolvimento

www.datasus.gov.br/cid10/webhelp/cid10.htm

Autismo

Estatísticas da ASA (Autism Society of America), disponível no site:

http://www.autism-society.org/

Ataxia

Informações disponíveis no site:

http://www.ataxia.org/.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Divulgação

Pessoas com deficiência já podem acessar notícias, informações e serviços específicos ao tema na página http://www.pessoacomdeficiencia.gov.br/.

A ferramenta foi lançada na última quarta (21) pela Secretaria de Direitos Humanos (SDH) da Presidência da República em homenagem ao Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência.
A ministra da SDH, Maria do Rosário, avaliou que uma comunicação com caráter universal representa avanços para a integração, a unidade e os direitos humanos no país. Durante o evento, ela lembrou que, muitas vezes, as pessoas com deficiência ficam à margem de avanços tecnológicos como a internet por dificuldades de acesso.
"A acessibilidade está ao alcance de todos nós quando há uma vontade de realizar. O portal é importante porque o governo federal fica mais acessível, mais transparente aos cidadãos brasileiros e às pessoas com deficiência, já que é um direito desses cidadãos. E é um exemplo a todos os governos estaduais, prefeituras e universidades", ressaltou.
O secretário nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Antonio José Ferreira, destacou que o lançamento do portal dá maior visibilidade às pessoas com deficiência, sobretudo visual, como é o caso dele.
"Todos os dias, enfrentamos grandes lutas. A pessoa com deficiência precisa superar desafios diários. Essa ferramenta representa uma luta renovada", disse. "Trabalhamos com o Ministério do Planejamento para que os demais sites do governo federal também tenham acessibilidade", completou.
Dados da secretaria indicam que 24,6 milhões de brasileiros têm algum tipo de deficiência - o número representa cerca de 14,5% da população. De acordo com a pasta, 95% das páginas do governo federal na internet não contam com mecanismos de acessibilidade.

SEEB/SP - 23/09/2011

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

CRAS

CRAS Piratininga
R. Martin Afonso, 244 - Jd. Piratininga
Tel.: (11) 3656-4509
e-mail: craspiratininga@gmail.com

DISCALCULIA


Dificuldade de Aprendizagem em Matematica.

A discalculia é um distúrbio neurológico que afeta a habilidade com números. É um problema de aprendizado independente, mas pode estar também associado à dislexia. Tal distúrbio faz com que a pessoa se confunda em operações matemáticas, conceitos matemáticos, fórmulas, sequências numéricas, ao realizar contagens, sinais numéricos e até na utilização da matemática no dia-a-dia.
Pode ocorrer como resultado de distúrbios na memória auditiva, quando a pessoa não consegue entender o que é falado e consequentemente não entende o que é proposto a ser feito, distúrbio de leitura quando o problema está ligado à dislexia e distúrbio de escrita quando a pessoa tem dificuldade em escrever o que é pedido (disgrafia).
É muito importante buscar auxílio para descobrir a discalculia ou não no período escolar quando alguns sinais são apresentados, pois alguns alunos que são discalcúlicos são chamados de desatentos e preguiçosos quando possuem problemas quanto à assimilação e compreensão do que é pedido.
Também é de grande importância ressaltar que o distúrbio neurológico que provoca a discalculia não causa deficiências mentais como algumas pessoas questionam. O discalcúlico pode ser auxiliado no seu dia-a-dia por uma calculadora, uma tabuada, um caderno quadriculado, com questões diretas e se ainda tiver muita dificuldade, o professor ou colega de trabalho pode fazer seus questionamentos oralmente para que o problema seja resolvido. O discalcúlico necessita da compreensão de todas as pessoas que convivem próximas a ele, pois encontra grandes dificuldades nas coisas que parecem óbvias.

Divulgação

Link:

http://www.fundacaodorina.org.br/deficiencia-visual/

DIVULGAÇÃO

A Fundação Dorina Nowill para cegos e o Centro de Integração Empresa-Escola-CIEE convidam para o VII Encontro A Empregabilidade da Pessoa com Deficiência Visual: Legislação e boas práticas de inclusão.  

Data: 23/09/2011

Inscrições gratuitas e obrigatórias: www.ciee.org.br/portal/eventos .

Telefones: 3040-6541/6542.

Horário: a partir das 8h30 min.

Espaço Sociocultural - Teatro CIEE - Rua Tabapuã, 442 - Itaim Bibi - São Paulo - SP

Realização da Fundação Dorina Nowill para cegos e apoio Institucional do CIEE.  

A todos os Professores

Segue o endereço para o vídeo da palestra do Prof. Ms. Marcos Meier: O professor faz a diferença.
Vale a pena assistir...
http://itv.netpoint.com.br/mindtv/principal.asp?id=18

Ah! No site http://www.mindlab-brasil.com.br/ também existem vídeos http://itv.netpoint.com.br/mindtv/principal.asp?id=videoteca)
de outros palestrantes como   Prof. Dr. Cipriano Carlos Luckesi, Professor Lino de Macedo, Prof. Nilson José Machado entre outros.
 

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Rubem Alves

RUBEM ALVES
Cada um corre do jeito que pode


'Curriculum', no latim, quer dizer 'corrida', 'lugar onde se corre'; na corrida entre diferentes, todos ganham

Havia crianças com síndrome de Down. E todas elas trabalhavam com a mesma concentração que as outras crianças. Pareciam-me integradas nas tarefas escolares, como as crianças ditas "normais". Perguntei ao diretor sobre o segredo daquele milagre. Ele me deu uma resposta curiosa. Não me citou teorias psicológicas sobre o assunto. Sugeriu-me ler um incidente do livro Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll. Fazia muitos anos que eu lera aquele livro. E eu o lera como literatura do absurdo, coisa para crianças.
Alice, seduzida por um coelho que carregava um relógio, seguiu-o dentro de um buraco que, sem que ela disso suspeitasse, era a entrada de um mundo fantástico. De repente, ela se viu dentro de um mundo completamente desconhecido e maluco, com o chapeleiro e o gato que ria.
No incidente que nos interessa, encontramos Alice e seus amigos completamente molhados -haviam caído dentro de um tanque. Agora, tinham um problema comum a resolver: ficar secos. O que fazer?
A turma da Alice, que era formado pelo pássaro Dodô -esse pássaro existiu de verdade, mas foi extinto-, um rato, um caranguejo, uma marmota, um pombo, uma coruja, uma arara, um pato, um macaco, todos diferentes, cada um do jeito como seu corpo determinava, todos eles pensando numa coisa só: o que fazer para ficar secos.
O pássaro Dodô sugeriu uma corrida. Correndo o corpo esquenta e fica seco. Mas Alice queria saber das regras. O pássaro Dodô explicou:
"Primeiro marca-se o caminho da corrida, num tipo de círculo (a forma exata não tem importância), e então os participantes são todos colocados em lugares diferentes, ao longo do caminho, aqui e ali. Não tem nada de '"um, dois, três, já'. Eles começam a correr quando lhes apetece e abandonam a corrida quando querem, o que torna difícil dizer quando a corrida termina."
Notem a desordem: um círculo de forma inexata, os participantes são colocados em lugares diferentes, aqui e ali, e não tem "um, dois, três, já", começam a correr quando lhes apetece e abandonam a corrida quando querem.
Assim, a corrida começou. Cada um corria do jeito que sabia: pra frente, pra trás, pros lados, aos pulinhos, em zigue-zague... Depois que haviam corrido por mais ou menos meia hora, o pássaro Dodô gritou: "A corrida terminou!" Todos se reuniram ao redor do Dodô e perguntaram: "Quem ganhou?". "Todos ganharam", disse Dodô. "E todos devem ganhar prêmios."
Acho que o Lewis Carroll estava expondo, de forma humorística, as suas ideias para a reforma dos currículos da Universidade de Oxford, ideias essas que ele não tinha coragem de tornar públicas, por medo de perder seu lugar de professor de matemática.
"Curriculum", no latim, quer dizer "corrida", "lugar onde se corre". Uma corrida, para fazer sentido, tem de ser entre iguais, não faz sentido por araras, ratos e caranguejos correndo juntos. Não faz sentido colocar os "diferentes" a correr junto com os "iguais" Aquilo a que se dá o nome de integração em nossas escolas é colocar os "portadores de deficiência" correndo a mesma corrida dos chamados de "normais". Nessa corrida, os "deficientes" estão condenados a perder. A corrida do pássaro Dodô é diferente: cada um corre do jeito que sabe e pode, todos ganham e todos recebem prêmios... (FSP, 6.9.2011)

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Divulgação/Certificados de LIBRAS

Informamos que já se encontram disponível, na Oficina Pedagógica, os Certificados referentes aos Cursos de Língua Brasileira de Sinais realizados no ano de 2010.     


segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Videoconferência - Divulgação

Comunicado de Videoconferência/Curso

Tema:
REDEFOR - Educação Especial
Data:
05 de Setembro de 2011 (Segunda-Feira)
Horário:
Das 14h às 16h
Órgão:
Secretaria da Educação do Estado de São Paulo/Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Professores Paulo Renato Costa Souza – EFAP
Videoconferencistas:
·       Maria Elizabete da Costa – Diretora do CAPE
·       Klaus Schlünzen Junior – Coordenador Geral do REDEFOR e do NEAD
·       Camila Gilberti – Rede do Saber / EFAP
·       Ana Panzani – Rede do Saber / EFAP
Objetivo:
O objetivo da videoconferência é divulgar os cursos do Programa REDEFOR - Educação Especial
Público-Alvo:
Na sala de Videoconferência:

Comunicar aos Dirigentes de Ensino, Supervisor de Ensino e PCOPs

Por Streaming:

Comunicar aos Diretores e Vice Diretores de Escola e PCs que assistam a videoconferência pelo site da Escola de Formação por streaming:

www.escoladeformacao.sp.gov.br/redefor

Com interação pelo e-mail:



Localidades:
Todas as Diretorias de Ensino da CEI e da COGSP
Observações:
Posteriormente a Videoconferência ficará disponível no site da Escola de Formação.